ABATE/CRIME – Estrada Nacional 10

A Junta de Freguesia de Azeitão informa que o crime ambiental, o corte de 51 grandes arbustos realizado na terça-feira, dia 16 de Abril, na Estrada Nacional 10, junto ao Parque do Morango foi realizado pela IP – Infraestruturas de Portugal.

Este corte foi realizado à revelia da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia de Azeitão. Perante tal barbárie, a Junta de Freguesia chamou as autoridades ao local, a GNR, para apresentar queixa (que já seguiu para o Ministério Público) e tentar impedir a continuação da ação.

A IP – Infraestruturas de Portugal procedeu ao corte destes arbustos plantados no contexto de um protocolo entre a Junta de Freguesia e a Câmara Municipal sem dar sequer a possibilidade de a Junta de Freguesia os retirar, aproveitando-os para outros locais, o que configura um comportamento que, para esta autarquia, é absolutamente inaceitável e criminoso.

Lamentavelmente, a IP- Infraestruturas de Portugal presta mais atenção a arbustos inofensivos do que às variadíssimas deficiências que são conhecidas nas estradas que atravessam a nossa freguesia, nomeadamente às passadeiras já gastas, à falta de sinalização ou aos múltiplos desníveis e buracos e amontoados de lixo que se podem encontrar nas bermas das estradas nacionais 10 e 379.

A IP- Infraestruturas de Portugal não dá resposta às muitas reclamações dos Azeitonenses. Para Azeitão, a IP- Infraestruturas de Portugal só responde com motoserra, pois ainda não esquecemos o abate que fez no parque frente à “José Maria da Fonseca”, onde nos deixaram um campo de pasto.

Perante a morte, o assassínio destes 51 grandes arbustos, a Junta de Freguesia tudo fará para responsabilizar de forma efetiva a IP- Infraestruturas de Portugal.

A Presidente da Junta de Freguesia

Celestina Neves

Category:
  Notícias
this post was shared 0 times
 000
Play All Replay Playlist Replay Track Shuffle Playlist Hide picture